http://www.imprensaregional.com.pthttp://www.imprensaregional.com.pt/diariodosul
Diretor: Manuel Madeira Piçarra (administracao@diariodosul.com.pt) | Última Atualização: 25-11-2015
logótipo
Geral
Diretores de jornais Sta. Catarina visitaram locais turísticos de Évora
07/10/2015, 17:40

Depois da visita ao Grupo Diário do Sul e à Adega da Cartuxa, os diretores de jornais do Estado de Santa Catarina, do Brasil, prosseguiram o seu roteiro pela cidade de Évora.
A renovada Igreja de São Francisco foi ponto de paragem "obrigatória" para estes forasteiros, muitos deles de visita à cidade alentejana pela primeira vez. Esta igreja reabriu ao público no passado domingo, depois de obras de reabilitação, sendo bastante conhecida por albergar a Capela dos Ossos.
A comitiva seguiu depois para a Praça do Giraldo, motivando a escadaria da Igreja de Santo Antão mais uma fotografia de grupo para "mais tarde recordar".
Alguns metros ao lado, encontra-se o Museu do Relógio, onde estes representantes da imprensa regional do Estado de Santa Catarina puderam apreciar os mais de 2300 exemplares aí existentes. Todos os relógios são mecânicos e permitem fazer uma "viagem" desde o século XVII até aos dias de hoje. Tem ainda a particularidade de incluir uma oficina de restauro. Este polo em Évora abriu em 2011 e é um prolongamento do Museu do Relógio de Serpa.
O percurso pelas ruas do centro histórico continuou com uma paragem na Praça do Sertório, para uma visita ao edifício da câmara municipal, em particular às termas romanas. Estas termas foram descobertas em 1987, após obras nos Paços do Concelho, e de acordo com o que está estudado em relação ao complexo, ele tem cerca de 300 metros quadrados.
Num périplo por Évora não poderia faltar o "encontro" com o templo romano, que data de meados do século I. A sua imponência deslumbrou a comitiva brasileira que, mais uma vez, elogiou a beleza da cidade, os seus monumentos e hospitalidade.
Seguiu-se uma deslocação à Catedral de Évora, edificada entre 1283 e 1308, terminando assim a visita a alguns dos principais pontos de interesse turístico da cidade. Na Rua de 5 de Outubro, o grupo ainda teve oportunidade de conhecer um pouco do artesanato da região, bem como os produtos tradicionais das terras alentejanas.

 

Leia na integra na edição impressa D.S.
Acompanhe os diversos locais da visita

Área do Subscritor

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Galeria Multimédia
Eventos
Marés
PSI-20
Notícias para Telemóvel
Transferir Clique aqui para transferir a aplicação em Java ME.
Galeria de Imagens
Estudio1 - sem descrição
Estudio1
This website is ACAP-enabled