http://www.imprensaregional.com.pthttp://www.imprensaregional.com.pt/diariodosul
Diretor: Manuel Madeira Piçarra (administracao@diariodosul.com.pt) | Última Atualização: 10-02-2017
logótipo
Geral
Alentejo abriu 230 vagas para médicos, mas só conseguiu fixar 50 em dois anos
27/01/2017, 18:09

O Alentejo tem sido a região do país onde é mais difícil fixar médicos. Aí estão os números oficiais que o desmonstram: nos últimos dois anos foram abertas 230 vagas, mas 180 ficaram desertas. Feitas as contas, apenas 50 médicos ficaram pela região. O atual estado de coisas preocupa José Robalo, presidente da Administração Regional de Saúde (ARS) do Alentejo, embora acredite que o futuro hospital de Évora possa ser decisivo para ajudar a inverter este cenário.

A maioria das vagas para médicos que abriram no Alentejo, em centros de saúde e hospitais, destinavam-se a anestesiologia, medicina geral e familiar, medicina interna e psiquiatria.

 

Leia a reportagem na íntegra na edição de hoje do jornal Diário do Sul.

Autor: Roberto Dores
Área do Subscritor

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Galeria Multimédia
Eventos
Marés
PSI-20
Ficheiros
Notícias para Telemóvel
Transferir Clique aqui para transferir a aplicação em Java ME.
Galeria de Imagens
Rádio Telefonia - Estúdio 1 - sem descrição
Rádio Telefonia - Estúdio 1
This website is ACAP-enabled