http://www.imprensaregional.com.pthttp://www.imprensaregional.com.pt/tvs
Diretor: Sérgio Silva (tvs@sapo.pt) | Última Atualização: 30-06-2017
logótipo
Publicidade
Edição:
Pesquisa:
| Vale do Sousa
Tâmega e Sousa vai ter bilhete único de transportes públicos
18/05/2017, 01:33


O Plano de Mobilidade Urbana do Tâmega e Sousa, hoje apresentado em Penafiel, prevê a criação de um bilhete único para os transportes públicos no território e incentivos à utilização de bicicletas.
Os estudos já realizados no âmbito deste plano, que será executado até 2019 pela comunidade intermunicipal, preveem que a criação do bilhete único e integrado promova uma maior utilização dos transportes públicos, numa lógica de articulação entre as redes rodoviária e ferroviária, com interfaces eficazes.
O secretário executivo da Comunidade Intermunicipal do Tâmega e Sousa (CIM), Alírio Costa, assinalou que a região se apresenta, atualmente, como "um território dual", com zonas com grande intensidade industrial e demográfica, em contaste com outras mais rurais e com menos habitantes, um contexto que, indicou, obriga a soluções diferentes, mas articuladas.
A apresentação decorreu nas instalações do Inatel, em Entre-os-Rios, Penafiel, no âmbito de um seminário que discutiu a mobilidade sustentável na região.
Na ótica da CIM, a rede de transportes existente não corresponde às necessidades da região, nomeadamente os movimentos pendulares no território, que obrigam muitas pessoas à utilização do transporte individual, nomeadamente o automóvel. As insuficiências detetadas prejudicam a população mais idosa e com mais dificuldades económicas no acesso a equipamentos de saúde, educação e justiça.
É nos concelhos mais industrializados do norte do território (Felgueiras, Paços de Ferreira e Lousada), mas também em Penafiel, que se observam as maiores dificuldades de mobilidade, por serem também os que evidenciam movimentos pendulares mais vincados de trabalhadores e estudantes.
O estudo aponta, por outro lado, para a necessidade de criar condições para uma maior utilização de transportes não poluentes, dando assim cumprimento às diretivas da União Europeia.
Criar ciclovias ligando as sedes dos concelhos é uma das medidas propostas para potenciar o uso de bicicletas e outras soluções de transporte mais amigas do ambiente.
Para as zonas de baixa densidade, do interior do território, o plano aponta para a possibilidade de serem revistas as redes de transportes públicos e, em casos pontuais, adotar o modelo de transportes a pedido, gerido pela Autoridade de Transportes, seguindo o modelo adotado atualmente pela CIM do Médio Tejo.
Campanhas de sensibilização e informação em tempo real aos utilizadores de transportes públicos são outras ações que o plano, apoiado por fundos comunitários, se propõe dinamizar nos próximos anos.
Alírio Costa indicou que os estudos realizados apontam para a necessidade de serem investidos 100 milhões de euros, mas recordou que atualmente apenas estão disponíveis cerca de oito milhões, um valor que a CIM esperar poder reforçar.
Na abertura dos trabalhos interveio o presidente da Câmara de Penafiel, na qualidade de anfitrião do seminário. Falando para outros autarcas, académicos e representantes de organizações ligadas ao planeamento do território, Antonino Sousa insistiu na necessidade de o território ver melhoradas as suas acessibilidades, recordando que ainda falta fazer várias estradas que são reclamadas há décadas pelos municípios. A ligação de Penafiel a Entre-os-Rios (IC35), o acesso de Celorico de Basto à A7, a via entre Baião e a Ponte da Ermida e a ligação de Marco de Canaveses a Cinfães foram os exemplos destacados pelo autarca de Penafiel.
Aquelas estradas, assinalou, são importantes para o desenvolvimento e coesão do território.
Antonino Sousa acrescentou que as políticas de mobilidade devem ser "funcionais e eficazes" e ter também em conta as necessidades específicas dos grupos mais vulneráveis da sociedade.

Partilhar:
Comentários
Não existem comentários.
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
This website is ACAP-enabled