http://www.imprensaregional.com.pthttp://www.imprensaregional.com.pt/tvs
Diretor: Sérgio Silva (tvs@sapo.pt) | Última Atualização: 30-06-2017
logótipo
Publicidade
Edição:
Pesquisa:
| Almanaque
Almanaque TVS: 21 de abril
21/04/2017, 02:29

Hoje é sexta-feira, 21 de abril, centésimo décimo primeiro dia do ano. Faltam 254 dias para o termo de 2017.

Este dia é dedicado a Santo Anselmo, Bispo, Doutor da Igreja, e a São Maximiano de Constantinopla, bispo.

Nos céus, a Lua encaminha-se para a Fase Nova. Lua Nova, dia 26, às 13:16. O Sol nasce às 06:52 e o ocaso regista-se às 20:19.

No porto de Lisboa, a preia-mar verifica-se às 12:17, a baixa-mar às 05:43 e 18:10.

Os nascidos nesta data pertencem ao signo de Touro, destacando-se a imperatriz russa Catarina (1729), a romancista inglesa Charlotte Bronte (1816), o secretário de Estado norte-americano Dean Acheson (1816), Isabel II do Reino Unido (1926), o ator Anthony Quinn (1915) e a atriz Elaine May (1932).

Nesta data, em 753, segundo a lenda, Rómulo teria fundado Roma.

Em 1500, a armada de Pedro Álvares Cabral avistava terra de Vera Cruz.

Em 1836, forças texanas, sob o comando de Sam Houston, derrotavam o exército mexicano do general Santa Ana, na batalha de São Jacinto.

Em 1868, os EUA reconheciam a independência de Cuba.

Em 1891, morria José Elias Garcia, cofundador do Partido Republicano.

Em 1954, aviões da força aérea dos EUA iniciavam os voos de apoio às tropas francesas, estacionadas na Indochina, para reabastecer a base militar de Dien-Bien-Phu, cercada por forças do Vietname do Norte.

Em 1960, era fundada a cidade de Brasília, projeto do presidente Juscelino Kubitschek. Em 1966, cirurgiões de Houston, Texas (EUA), efetuavam a primeira implantação de um coração artificial num ser humano.

Em 1967, os militares gregos assumiam o controlo do país.

Em 1975, o presidente do Vietname do Sul Nguyen Van Thieu resignava, depois de ter acusado os EUA de deslealdade.

Em 1985, morria o presidente eleito do Brasil, Tancredo Neves, a dois dias da tomada de posse.

Em 1987, começava, em Lisboa, o julgamento do caso Dopa, investigação de crimes de burla e tráfico de divisas.

Em 1988, a Polícia Judiciária descobria, nos arredores de Cascais, o corpo de Evo Fernandes, antigo secretário-geral da Renamo, morto a tiro.

Em 1989, decorria em Lisboa a primeira manifestação de agentes da PSP, que culminaria em confrontos com o Corpo de Intervenção da própria polícia.

Em 1990, morria o cenógrafo Erte, Romain de Tertieff, 97 anos, responsável pelo sucesso de várias peças da Broadway, em Nova Iorque, e pelo layout da revista Harper's Bazaar, entre 1915 e 1936.

Em 1991, Rosa Mota vencia a maratona de Londres.

Em 1994, chegava a Portugal para uma visita de seis dias, o presidente da Renamo, Afonso Dlakhama.

Em 1995, a polícia norte-americana prendia um dos suspeitos do atentado de Oklahoma, membro de uma organização racista e de extrema-direita. Ainda em 1995, morria o cartoonista José de Lemos, 84 anos.

Em 1996, João Proença era eleito secretário-geral da UGT, sucedendo a Torres Couto.

Em 1997, agentes da PSP manifestavam-se, em Lisboa, a favor da criação de um sindicato da Polícia.

Em 1999, em Díli, independentistas e integracionistas assinavam um acordo de tréguas em Timor-Leste. Em 2000, a Duma, Parlamento russo, ratificava o Tratado de Proibição Total de Testes Nucleares.

Em 2002, o conservador Jacques Chirac, com 19,9 por cento dos votos, e o líder de extrema-direita Jean-Marie Le Pen, com 16,9 por cento, passavam à segunda volta das presidenciais francesas deixando de fora o socialista Lionel Jospin com 16,2 por cento.

Em 2003, morria a pianista, compositora e cantora de jazz norte-americana Nina Simone, 70 anos.

Em 2004, era assinado o contrato de aquisição de dois submarinos para a Marinha Portuguesa, no valor de 800 milhões de euros. E morria o músico Adácio Pestana, 75 anos, solista da antiga Orquestra Sinfónica da Emissora Nacional.

Em 2005, o Congresso espanhol aprovava a lei que permite o casamento entre pessoas do mesmo sexo. No mesmo dia, verificava-se a estreia portuguesa de "Berenice", de Jean Racine, no Teatro Nacional de D. Maria II, em Lisboa.

Em 2006, era apresentada a Rede de Cuidados Continuados de Saúde. E o presidente da Académica José Eduardo Simões era constituído arguido num processo de investigação sobre corrupção e tráfico de influências.

Em 2007, morria Fu Tieshan, 75 anos, principal bispo chinês, nomeado pelo Partido Comunista da China sem o acordo do Vaticano.

Em 2008, Morgan Tsvangirai, chefe da oposição zimbabueana, encontrava-se, em Accra, com o secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, e pedia uma intervenção da ONU e da União Africana (UA) na crise política no Zimbabué. Morria em Lisboa, com 103 anos, a atriz Adelina Campos, considerada uma das mais antigas do teatro e cinema portugueses.

Em 2009, a conferência da ONU, em Genebra, Durban II, aprovava, por aclamação, a declaração final sobre o racismo.

Em 2010, morria o espanhol Juan António Samaranch, que liderou o Comité Olímpico Internacional (COI) entre 1980 a 2001, em Barcelona, aos 89 anos. Morria o jornalista e repórter Fernando Laidley, aos 93 anos, vítima de doença prolongada. Laidley ficou conhecido por ter sido o primeiro português a dar a volta a África de automóvel.

Em 2011, o músico Zé Leonel, um dos fundadores dos Xutos & Pontapés e dos Ex-Votos, morria aos 50 anos vítima de cancro no fígado.

Em 2012, morria António Lopes dos Santos, um dos fundadores do Festival Internacional de Teatro de Expressão Ibérica, aos 75 anos.

Em 2014, morria Win Tin, figura proeminente da luta pela democracia da Birmânia, aos 84 anos. Morria Carlos Calvet, artista plástico, aos 86 anos.


Partilhar:
Comentários
Não existem comentários.
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
This website is ACAP-enabled