http://www.imprensaregional.com.pthttp://www.imprensaregional.com.pt/tvs
Diretor: Sérgio Silva | Última Atualização: 23-11-2017
logótipo
Publicidade
Edição:
Pesquisa:
Newsletter:
Área do Subscritor:
| Almanaque
Almanaque: 9 de novembro
09/11/2015, 01:03

Hoje é segunda-feira, 09 de novembro, tricentésimo décimo terceiro dia do ano e Dia Internacional contra o Fascismo e o Antissemitismo. Faltam 52 dias para o final de 2015.

Este dia é o da Dedicação da Basílica de Latrão.

Nos céus, a Lua encaminha-se para a Fase Nova. Lua Nova, dia 11, às 17:47.

O Sol nasce às 07:12 e o ocaso regista-se às 17:29. No porto de Lisboa, a preia-mar verifica-se às 01:35 e 13:50, a baixa-mar, às 07:25 e 19:43. Os nascidos nesta data pertencem ao signo Escorpião, destacando-se a atriz Marie Dressler (1873), o escritor russo Ivan Turgenev (1818) e o antigo presidente norte-americano Spiro T. Agnew (1918). Nesta data, em 1882, França e Reino Unido assumiam o controlo do Egito. Em 1923, Adolfo Hitler e os seus correligionários nazis levavam a violência a Munique. Em 1938, já no poder, destruíam sinagogas, lojas e habitações de judeus, por toda a Alemanha, naquela que ficou conhecida por Noite de Cristal.

Em 1953, morria o escritor britânico Dylan Thomas, autor de "Retrato do Artista quando Jovem Cão". Em 1958, dava-se o primeiro desastre na aviação comercial portuguesa, quando um hidroavião da companhia Artop, num voo entre Lisboa e o Funchal, se despenhou no mar com 37 pessoas a bordo. Em 1965, Nova Iorque e parte de cinco cidades do Estado de Nova Inglaterra, ficavam sem luz, durante 13 horas, por uma falha no fornecimento de energia elétrica. Em 1967, morria o cantor lírico português Tomás Alcaide. Em 1970, desaparecia o general De Gaulle, antigo presidente da França, herói da Resistência à ocupação nazi.

Em 1975, o PS e PSD manifestavam-se no Terreiro do Paço, em Lisboa, em apoio ao VI Governo Provisório de Pinheiro de Azevedo. Em 1981, Portugal votava favoravelmente a resolução da IV Comissão das Nações Unidas, reafirmando o direito à independência de Timor-Leste. Em 1985, Garry Kasparov, 22 anos, passava a ser o mais jovem campeão mundial de xadrez ao vencer a final do campeonato do mundo, em Moscovo, frente titular, Anatoly Karpov. Em 1989, a RDA aprovava a abertura total das fronteiras do país. Em 1991, morria o ator e cantor Yves Montand, 70 anos. Em 1992, Diogo Freitas do Amaral, fundador e dirigente do CDS, abandonava o partido. Na mesma data, o presidente do Brasil, Collor de Mello, era acusado de 20 delitos graves, o que punha em causa a chefia do Estado brasileiro. Em 1996, os ministros da Energia da Argélia, Marrocos, Portugal e Espanha inauguravam, em Hassi R'Mel, na Argélia, a exploração do gasoduto Magrebe-Europa. Em 1998, morria o ator francês Jean Marais (Jean Villain), 84 anos. Em 2002, a pianista portuguesa Maria João Pires ganhava o prémio de música IMC-UNESCO, pelo trabalho realizado no Centro para o Estudo das Artes em Belgais.

Em 2003, Manuel Monteiro era eleito presidente da Nova Democracia, no encerramento do Congresso fundador do partido. E o túnel das Amoreiras, em Lisboa, encerrava à circulação, para que começassem as obras do túnel do Marquês. O fecho, segundo a CML, estender-se-ia por um ano e três meses.

Em 2004, o Ministério Público deduzia acusação sobre seis alunos da Escola Agrária de Santarém, pela prática de atos de violência nas praxes académicas.

Em 2005, o Tribunal da Relação de Lisboa confirmava as conclusões do juiz de instrução do Processo Casa Pia e determinava a não pronúncia de Paulo Pedroso, Herman José e Francisco Alves, por não haver sequer indícios que sustentassem a prática dos crimes que lhes eram imputados.

O Banco Mundial situava entre 640 e 850 milhões euros, a verba necessária à luta contra gripe das aves, no intervalo de três anos. Atentados em Amã, Jordânia, causavam 57 mortos e 115 feridos.

No mesmo dia de 2005, morriam Artur Vieira de Andrade, 92 anos, arquiteto, combatente antifascista, impulsionador da candidatura de Humberto Delgado à Presidência, em 1958, e Suzanne Rosza, 82 anos, violinista de origem romena, cofundadora do histórico Quarteto Amadeus.

Em 2006, era aprovado em Conselho de Ministros o decreto que criava a informação empresarial simplificada, medida que faz parte do Programa para a Simplificação Administrativa - Simplex, e era criada a estrutura de missão para os Cuidados Continuados Integrados. A ONU e a CPLP assinavam um memorando de entendimento para consulta mútua e troca de informações sobre direitos humanos. O Tribunal Gacaca de Huye, no Ruanda, condenava a religiosa católica Marie-Théopista Mukarubibi à pena máxima do país, 30 anos de prisão, por ter revelado o paradeiro de refugiados tutsi e anulado o tratamento de pacientes internados no Hospital Universitário, durante o genocídio de 1994. Os deputados eleitos pela Cidade do México aprovavam a "Lei da Sociedade de coexistência" que reconhece o casamento entre pessoas do mesmo sexo, na capital mexicana. O compositor português João Pedro Oliveira obtinha o primeiro prémio do concurso internacional de composição Metamorphoses, promovido pela Fundação Musiques & Recherches (Bélgica) e destinado a obras eletroacústicas, com a obra "Et igni Involvens", enquanto a edição portuguesa do jornal Le Monde Diplomatique regressava às bancas, sob a direção de Sandra Monteiro, numa edição da Cooperativa Outro Modo. Morriam Ed Bradley, 65 anos, jornalista norte-americano, dos quadros da CBS e da equipa do programa 60 Minutos, e Markus Wolf, 83 anos, espião da antiga Alemanha de Leste, personagem emblemática da Guerra-fria.

Em 2007, o governo do Paquistão levantava a restrição de movimentos que tinha imposto à ex-primeira-ministra Benazir Bhutto, limitada à sua residência em Islamabad. Oposição acusa Musharraf de ter prendido 5.000 apoiantes de Benazir Bhutto. O cantor e autor da República Dominicana Juan Luís Guerra era o grande vencedor dos Grammys Latinos atribuídos em Las Vegas, ao arrebatar os cinco prémios para que estava nomeado. Mariza não arrecadou o Grammy Latino para o qual estava nomeada. Morria o ex-presidente da Venezuela Luis Herrera Campins, que dirigiu o país entre 1979 e 1984, com 82 anos, na sua residência em Caracas, onde recuperava de uma intervenção cirúrgica.

Em 2010, morria, aos 82 anos, Fernando Aires, professor, escritor, poeta, ensaísta e cronista em vários jornais.

Em 2012, morria Valerie Eliot, viúva e administradora dos bens literários do poeta Thomas Stearns Eliot, aos 86 anos, em Londres, Reino Unido.

Em 2013, Jorge de Mello, empresário que fundou o império Cuf, morria aos 92 anos, no Hospital Infante Santo, em Lisboa, onde estava internado.



Partilhar:
Comentários
Não existem comentários.
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Ficheiros
This website is ACAP-enabled