http://www.imprensaregional.com.pthttp://www.imprensaregional.com.pt/tvs
Diretor: Sérgio Silva | Última Atualização: 23-11-2017
logótipo
Publicidade
Edição:
Pesquisa:
Newsletter:
Área do Subscritor:
| Almanaque
Almanaque: 10 de novembro
10/11/2015, 15:35

Hoje é terça-feira, 10 de novembro, tricentésimo décimo quarto dia do ano e Dia Mundial da Ciência para a Paz e o Desenvolvimento. Faltam 51 dias para o final de 2015.

Este dia é dedicado a Leão I, o Magno, Papa e Doutor da Igreja, e a Santo André Avelino, Religioso.

Nos céus, a Lua encaminha-se para a Fase Nova. Lua Nova, dia 11, às 17:47.

O Sol nasce às 07:13 e o ocaso regista-se às 17:28.

No porto de Lisboa, a preia-mar verifica-se às 02:10 e 14:25, a baixa-mar, às 07:59 e 20:16.

Os nascidos nesta data pertencem ao signo de Escorpião, destacando-se Martinho Lutero (1483), o compositor francês François Couperin (1668), o escritor irlandês Oliver Goldsmith (1728), o poeta e dramaturgo alemão Friedrich Schiller (1759), o antigo líder do PCP Álvaro Cunhal (1913) e os atores Richard Burton (1925) e Roy Scheider (1935). Nesta data, em 1729, os árabes conquistavam Mombaça a Portugal. Em 1887, Lourenço Marques, atual Maputo, era elevada a cidade. Em 1928, Hirohito subia ao trono imperial do Japão. Em 1933, uma carta apostólica do Papa Pio XI institucionalizava a Acção Católica Portuguesa. Em 1959, a Assembleia-geral da ONU condenava o apartheid na África do Sul e a discriminação racial em todo o mundo. Em 1967, a sonda norte-americana Surveyor-6 pousava na Lua. Em 1969, estreava-se a Rua Sésamo, série pedagógica criada pela equipa de Jim Henson, na PBS, estação pública norte-americana de televisão.

Em 1975, a Assembleia-geral da ONU aprovava as resoluções que qualificam o sionismo como uma forma de racismo e estabelecem a participação da OLP em todas as conversações sobre o Médio Oriente. Em 1985, a lista de Adriano Moreira vencia as eleições para a direção do CDS. Em 1988, o Reino Unido e o Irão reatavam relações diplomáticas. Em 1989, morria o ator português Barroso Lopes, 82 anos, o "último dos grandes cómicos", depois de Vasco Santana e António Silva. Na mesma data, o muro de Berlim, construído pela RDA no princípio dos anos 60, começava a ser derrubado por ordem das autoridades da Alemanha de Leste. Em 1993, o líder da OLP, Yasser Arafat, fazia uma visita oficial a Lisboa. Em 1994, o embaixador João Cutileiro era eleito Secretário-geral da União Europeia Ocidental. Em 1996, morria o bailarino Miguel Lyzarro. Em 1997, Kim Phuc, a menina norte-vietnamita imortalizada na fotografia de Nick Ut, a "Menina do Napalm", em plena guerra do Vietname, era nomeada Embaixadora de Boa-vontade da Unesco para a Cultura da Paz. Em 1999, morria o trompetista norte-americano Lester Bowie, 58 anos, fundador do Art Ensemble of Chicago. Em 2001, no Afeganistão, a Aliança do Norte, apoiada pelos bombardeiros norte-americanos, conquistava Mazar-i-Sharif. Em 2003, a Organização Mundial do Comércio considerava "incompatíveis" com as regras do mercado as sobretaxas do aço impostas pelos EUA para proteger a sua indústria.

Em 2004, o Prémio Secil de Arquitectura era atribuído a Eduardo Souto Moura, pelo Estádio Municipal de Braga. E o poeta brasileiro Paulo Henriques Brito vencia o Prémio PT de Literatura com a obra "Macau".

Em 2005, o Ministério da Ciência anunciava a criação de um programa de combate ao abandono e insucesso escolar no Ensino Superior, em 2006. E o Senado dos EUA aprovava a resolução que veio despojar os "combatentes estrangeiros, detidos na base de Guantánamo, do direito de recorrer da detenção", perante a Justiça.

No mesmo dia morria Joaquim Machado, 81 anos, editor e livreiro, fundador da Livraria Almedina, em Coimbra (1955).

Em 2006, ocorria o início do VIII Encontro Internacional de Partidos Comunistas e Operários, em Lisboa, com representações de 70 países. Era publicado no Diário da República o Aviso do Banco Portugal que obrigava os bancos a informar as regras dos arredondamentos e o número de dias do cálculo dos juros, nos contratos de crédito. A Junta de Governadores da Universidade de Santiago de Compostela, Galiza, aprovava por unanimidade a anulação do título de Doutor Honoris Causa concedido ao ditador espanhol Francisco Franco, em 1965. O sequestro de um autocarro, com 30 passageiros, no Rio de Janeiro, terminava ao fim de 10 horas, sem mortos nem feridos. Foi sequestro mais longo da história da cidade. O Sport Lisboa e Benfica entrava no Guinness Book of Records 2007 como clube com mais associados do Mundo, com os seus 160.392 sócios. Jorge Vaz de Carvalho, presidente do Instituto das Artes, vencia o Prémio de Tradução Científica e Técnica da União Latina/FCT, com a versão portuguesa da obra do século XVIII "Principi di Scienza Nuova", "Ciência Nova", de Giambattista Viço. Morria Jack Palance, 87 anos, ator norte-americano, Óscar pela interpretação no filme "City Slickers".

Em 2007, começava a XVII Cimeira Ibero-Americana de chefes de Estado e de Governo dedicada à coesão social termina em Santiago do Chile, ensombrada por um incidente entre Hugo Chávez e o rei Juan Carlos de Espanha. O Rei Juan Carlos mandou calar o presidente da Venezuela, que voltou a chamar "fascista" ao ex-chefe de Governo José Maria Aznar. Morria o escritor norte-americano Norman Mailer, com 84 anos, em Nova Iorque, vítima de insuficiência renal. Mailer foi duas vezes vencedor do Prémio Pulitzer e ganhou cedo o epíteto de "enfant terrible".

Em 2008, assumia funções a nova administração do Banco Português de Negócios (BPN), presidida por Francisco Bandeira, após a nacionalização da instituição e a demissão do anterior presidente, Miguel Cadilhe. A União Europeia aprovava o lançamento da primeira operação naval de sempre para lutar contra a pirataria ao largo da Somália e no golfo de Aden. Morria a cantora lírica Ana Lagoa, 75 anos, na sua casa em Salzburgo, vítima de Alzheimer. A soprano obtivera a dupla nacionalidade, portuguesa e austríaca, por casamento.

Em 2009, morria Robert Enke, jogador do Hanover, antigo guarda-redes do Benfica, 32 anos.

Em 2010, João Manuel Serra, conhecido como "Senhor do Adeus", por acenar a quem passava na zona do Saldanha, em Lisboa, morria aos 79 anos. Dino de Laurentiis, produtor de filmes de realizadores como Federico Fellini e Roberto Rosselini, considerado o representante máximo do cinema italiano do pós-guerra, morria em Los Angeles, aos 91 anos. "Arroz amargo", "As noites de Cabíria", "Barbarella", "Hannibal", "Dune" ou "Veludo Azul" são alguns dos filmes produzidos por de Laurentis. Em 2011, morria Ivan Martin Jirous, poeta e ex-dissidente checo, aos 67 anos, em Praga.

Em 2013, o vice-ministro iraniano da Indústria, Safdar Rahmat Abadi, era morto em Teerão por desconhecidos. Morria Luís Cardoso de Menezes, economista e empresário e antigo administrador da RTP, aos 72 anos.

Em 2014, Ken Takakura, ator e um dos intérpretes mais conhecidos do cinema japonês, morria aos 83 anos, num hospital de Tóquio.



Partilhar:
Comentários
Não existem comentários.
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Ficheiros
This website is ACAP-enabled