http://www.imprensaregional.com.pthttp://www.imprensaregional.com.pt/tvs
Diretor: Sérgio Silva (tvs@sapo.pt) | Última Atualização: 24-07-2017
logótipo
Publicidade
Edição:
Pesquisa:
| Penafiel
Investimento de 5 milhões para Hospital de Penafiel produzir 25% da energia que consome
11/05/2017, 16:50

O Hospital Padre Américo, em Penafiel, vai receber um investimento de cinco milhões de euros em equipamentos que permitirão àquela unidade hospitalar produzir 25% da energia que consome e poupar 320 mil euros por ano, anunciou a administração.
Segundo a administração do Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa (CHTS), que compreende as unidades de Penafiel e Amarante, o investimento permitirá ainda uma redução de 36% na emissão de CO2 (dióxido de carbono) para a atmosfera.
A intervenção prevê a instalação de um equipamento para produção de energia elétrica, através de um sistema solar fotovoltaico para autoconsumo, constituído por 1.800 módulos.
"Com este sistema, seremos um dos maiores produtores de energia através de painéis fotovoltaicos da região", afirmou o presidente do conselho de administração do CHTS.
Carlos Alberto precisou que vão ser aproveitados os três edifícios do hospital para a instalação dos painéis, acrescentando que o investimento é apoiado por fundos comunitários.
"O projeto é financiado, mas ao longo de 30 anos temos de devolver parte dos ganhos na redução do consumo energético", explicou.
No âmbito desta candidatura, está também previsto instalar placas nas paredes do edifício para melhorar o isolamento térmico, numa área de 17 mil metros quadrados, e a inclusão de vãos envidraçados para reduzir perdas térmicas.
A instalação de uma caldeira industrial de biomassa, alimentada com ‘pellets', vai permitir, por outro lado, o reaproveitando de grande parte do calor produzido.
"Prevê-se que o hospital vá consumir por ano 1.200 toneladas de ‘pellets', algo que contribuirá para aumentar o consumo nacional deste desperdício das florestas portuguesas, contribuindo para postos de trabalho indiretos", evidenciou.
O presidente do Conselho de Administração do Hospital Padre Américo adiantou que o processo burocrático para a concretização, nomeadamente do concurso público internacional, deverá estar concluído até ao final do ano e que os trabalhos têm de estar concluídos até 2020.

Partilhar:
Comentários
Não existem comentários.
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
This website is ACAP-enabled