http://www.imprensaregional.com.pthttp://www.imprensaregional.com.pt/tvs
Diretor: Sérgio Silva | Última Atualização: 23-11-2017
logótipo
Publicidade
Edição:
Pesquisa:
Newsletter:
Área do Subscritor:
| Penafiel
Penafiel e Marco querem ponte Duarte Pacheco iluminada
23/07/2015, 00:56

Marco de Canaveses e Penafiel querem ver instalada iluminação na ponte Duarte Pacheco, sobre o rio Tâmega, infraestrutura que liga os dois concelhos, na zona de Entre-os-Rios, confirmaram à Lusa os dois presidentes de câmara.
Manuel Moreira, autarca de Marco de Canaveses, disse ter comunicado à tutela da rede rodoviária nacional o desejo do seu município, comungado com Penafiel, mas garantiu não ter recebido qualquer resposta.
O autarca acrescentou ter falado sobre o assunto com o colega de Penafiel e ambos acordaram sobre a necessidade de iluminar o tabuleiro, para melhorar a segurança de circulação à noite.
Segundo Moreira, os dois municípios até revelaram abertura para poderem avançar com a intervenção se houvesse autorização e acompanhamento técnico da tutela.
Além disso, acentuou, era importante iluminar a totalidade da travessia, incluindo os arcos em granito, para dar visibilidade a uma infraestrutura "tão interessante sob ponto de vista arquitetónico".
"Ficaria muito bonita se fosse toda iluminada", assinalou, enquanto recordava que o interesse turístico da zona de Entre-os-Rios ganharia novo ponto de atração.
A Lusa contactou hoje a Câmara de Penafiel, que confirmou o interesse na intervenção e os contactos realizados entre as duas autarquias vizinhas.
O presidente Antonino Sousa reconheceu as vantagens de iluminar a travessia, mas lembrou que a complexidade técnica da intervenção carece uma atuação concertada com a empresa do Estado que gere a rede viária nacional.
A ponte Duarte Pacheco, construída em granito da região, comporta três grandes arcos com 40 metros de diâmetro e de vão e foi inaugurada em setembro de 1941.
No lado de Penafiel daquela travessia rodoviária foi construído um padrão de homenagem a Duarte Pacheco, à data ministro das Obras Públicas.
A ponte integra a sinuosa "estrada marginal", da margem direita do Douro (EN108), que liga o Porto à Régua.

Partilhar:
Comentários
Não existem comentários.
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Ficheiros
This website is ACAP-enabled