http://www.imprensaregional.com.pthttp://www.imprensaregional.com.pt/tvs
Diretor: Sérgio Silva | Última Atualização: 23-11-2017
logótipo
Publicidade
Edição:
Pesquisa:
Newsletter:
Área do Subscritor:
| Penafiel
Festival Literário Escritaria/Penafiel homenageia Mário Cláudio
18/09/2015, 15:50


A edição deste ano do Festival Literário Escritaria, que decorre de 15 a 18 de outubro, em Penafiel, vai homenagear Mário Cláudio, disse o presidente da câmara.

"É uma opção nova no que diz respeito ao domínio da escrita, definindo-se para este ano a poesia", afirmou Antonino de Sousa, vincando que aquele estilo "não tinha tido presença, nem o privilégio de ser o protagonista maior no festival".

Mário Cláudio é o pseudónimo de Rui Manuel Pinto Barbot da Costa, escritor que nasceu no Porto, em 1941.

O escritor tem mais de 30 obras publicadas e foi prémio da Associação Portuguesa de Escritores, em 1984, pelo livro Amadeu, e em 2004 foi agraciado com o prémio Pessoa.

"É uma personalidade incontornável das letras e em particular da poesia, no âmbito da lusofonia", observou o autarca, antevendo que a edição do Escritaria 2015 vai ter "grande sucesso".

"Toda a cidade se vai envolver para receber e festejar este escritor e toda a sua obra", prometeu.

O Festival Literário Escritaria, que há vários anos homenageia um escritor nacional, tem-se afirmado no panorama cultural português, com tem sido reconhecido pelos convidados que têm passado por aquele certame cultural.

Antonino de Sousa considera que, apesar de Penafiel estar longe dos grandes centros urbanos, o evento conseguiu "furar um bloqueio e mostrar que o resto do país também aprecia literatura".

"É o reconhecimento aos escritores lusófonos, o que durante muitos anos aconteceu apenas nas duas grandes metrópoles, Lisboa e Porto", destacou.

Ao longo das sete edições do Escritaria já realizadas, têm sido colocadas, em vários pontos da área urbana, frases dos autores distinguidos (Urbano Tavares Rodrigues, José Saramago, Agustina Bessa-Luís, Mia Couto, António Lobo Antunes e Mário de Carvalho e Lídia Jorge).

O festival envolve a cidade de Penafiel, com o evento a comunicar com a população através de informação e atividades culturais em várias artérias, para além de conferências que refletem sobre a obra do escritor homenageado.

"É uma manifestação cultural partilhada e assumida por toda a cidade", vincou ainda.

À Lusa, o presidente da Câmara de Penafiel acrescentou que o Escritaria ajuda a promover e divulgar o concelho, aumentando o número de visitantes, ao longo do ano.

"Queremos que o município aproveite este festival para se promover, sobretudo porque é uma promoção feita pela positiva, num segmento mais afastado da grande comunicação e dos eventos mais mediáticos", concluiu.


Partilhar:
Comentários
Não existem comentários.
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Ficheiros
This website is ACAP-enabled