http://www.imprensaregional.com.pthttp://www.imprensaregional.com.pt/tvs
Diretor: Sérgio Silva (tvs@sapo.pt) | Última Atualização: 30-06-2017
logótipo
Publicidade
Edição:
Pesquisa:
| Acelera
Falta de condições da pista não permite Mundial de Ralicross em Lousada
15/04/2017, 20:05

A falta de condições da pista exigidas pela Federação Internacional de Automobilismo (FIA) não permite que o Campeonato Mundial de Rallycross se realize em Lousada. "Montalegre garantiu o mundial [por mais 5 anos] porque tem em termos de pista as condições necessárias para o evento.  Se Lousada concorresse em pé de igualdade com Montalegre seria muito diferente, até porque em termos geográficos e acessibilidades estamos muito melhor situados. Isto para não falar do clima, agora não podemos deixar de ter em conta que a nossa pista não tem condições para um evento desta natureza, lógico que estivemos na 'corrida' para a receber, mas tínhamos total  conhecimento da realidade, e se porventura conseguíssemos também saberíamos qual o caderno de encargos, que seria elevadíssimo, desde obras, segurança, etc.", elencou Jorge Simão, Presidente do Clube Automóvel de Lousada (CAL), mostrando-se esperançado de receber esta prova no futuro.  "Não baixamos os braços e vamos continuar a lutar por aquilo que queremos. Por enquanto, temos que dar os parabéns a Montalegre e disponibilizar-mo-nos para qualquer coisa, porque tenho a certeza que se fosse ao contrário a postura seria a mesma", disse Jorge Simão.
Sobre o velho problema dos terrenos da Pista da Costilha, adiantou, “como é sábido eles pertencem à empresa Intul e a situação continua igual. Temos o espaço a custo zero, do qual agradecemos mais uma vez, e vamos tentar que se consiga uma solução com o Município de  Lousada, para que este assunto fique resolvido".
***
Rally Sprint a 5 de agosto

***

Sobre a nova prova, que está agendada para 5 de agosto, o Presidente do Cal salientou que se “trata de uma corrida em formato rally sprint que terá como trajeto as principais artérias da vila. É um prova igual à que se tem feito em muitas cidades e vilas e quem conhece e acompanha seguramente não fará confusão. A corrida já está programada, só estamos a tentar arranjar parceiros para que seja uma realidade.
Jorge Simão deixa uma palavra aos aficionados da modalidade, que gostam do Clube e que gostam de Lousada: “ajudem a que tudo isto seja possível, só precisam em alguns casos de não complicar, que pensem e deem valor ao que se conseguiu, com muito trabalho, muito empenho e dedicação. Tudo isto é um projeto de todos os Lousadenses".

Partilhar:
Comentários
Não existem comentários.
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
This website is ACAP-enabled