http://www.imprensaregional.com.pthttp://www.imprensaregional.com.pt/tvs
Diretor: Sérgio Silva | Última Atualização: 23-11-2017
logótipo
Publicidade
Edição:
Pesquisa:
Newsletter:
Área do Subscritor:
| Acelera
Oliveira satisfeito com o segundo lugar e a consistência no GP do Japão
12/10/2015, 00:37

O português Miguel Oliveira (KTM) manifestou-se muito satisfeito com o segundo lugar alcançado hoje no Grande Prémio do Japão de Moto3, destacando a sua consistência no encharcado circuito de Motegi.

"A corrida de hoje correu bastante bem. Desde o 'warm up', tinha muita confiança com a moto, o que foi importante depois de ter apenas 10 minutos de sessão. Era muito importante desde cedo ser rápido e consegui", afirmou o piloto, que largou da quinta posição da grelha, depois de ter sido penalizado com perda de três posições na véspera.

A 15.ª prova do campeonato do mundo, que começou com mais de uma hora de atraso e cujo número de voltas foi reduzido a 13 devido às más condições climatéricas, foi ganha pelo italiano Niccolò Antonelli (Honda), em 28.03,391 minutos. Oliveira cortou a meta 1,053 segundos depois e o espanhol Jorge Navarro (Honda) foi terceiro, a 8,529.

"Na corrida, o meu plano era estar na frente, tentar que ninguém se fosse embora, mas o Antonelli começou muito rápido. No final ainda consegui ter um ritmo melhor do que ele, apanhá-lo pouco a pouco e acabar a um segundo. Estou muito contente com o resultado, subi um pouco no campeonato, estou mais perto ainda do segundo", acrescentou.

O 'team manager' da Red Bull KTM, Aki Ajo, disse que "tem sido incrível ver como Miguel melhorou a sua condução em piso molhado, especialmente após a corrida difícil em Silverstone", e destacou a "corrida quase perfeita e sem erros" de hoje.

Com este resultado e com três provas por disputar, o piloto de Almada passou a somar 179 pontos e ficou somente nove do segundo classificado do Mundial, o italiano Enea Bastianini (Honda), que foi sétimo em Motegi. O britânico Danny Kent (Honda), sexto na corrida, continua a liderar, somando 244 pontos.

Vencedor este ano em Itália, na Holanda e Aragão, Miguel Oliveira já aponta para a próxima prova, o Grande Prémio da Austrália, dentro de uma semana: "Agora vamos para Phillipp Island, uma corrida que é muito disputada em Moto3, sempre em grupo, e o meu objetivo será fazer o trabalho como fiz este fim de semana. Estar sempre em cima da tabela dos tempos desde o primeiro momento e tentar, como sempre, divertir-me", concluiu.

No próximo ano, Miguel Oliveira será ‘promovido' à categoria de Moto2, escalão intermédio, ao serviço da Leopard Racing.


Partilhar:
Comentários
Não existem comentários.
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Ficheiros
This website is ACAP-enabled