http://www.imprensaregional.com.pthttp://www.imprensaregional.com.pt/tvs
Diretor: Sérgio Silva | Última Atualização: 23-11-2017
logótipo
Publicidade
Edição:
Pesquisa:
Newsletter:
Área do Subscritor:
| Baixo Tâmega
Marco de Canaveses: Vítimas de rebentamento de foguete não integravam equipa da visita pascal
06/04/2015, 20:17



As vítimas do rebentamento de um engenho pirotécnico hoje registado em Constance, Marco de Canaveses, não integravam a equipa que fazia a visita pascal, ao contrário do inicialmente avançado pela GNR, informou o pároco local.

O padre Rodolfo Ferreira disse à Lusa que "nenhum dos elementos da equipa" do compasso fiscal sofreu qualquer ferimento.

O compasso pascal foi suspenso, não estando ainda decidido se será realizado posteriormente ou se terá lugar noutra data, designadamente no chamado "domingo de pascoela".

"Para já, o momento é de respeito pela dor e pelo luto", referiu Rodolfo Ferreira.

O rebentamento de uma balona - engenho pirotécnicos lançados a partir de tubos e que substituem os tradicionais foguetes de cana - matou hoje um jovem e feriu outro, durante a visita pascal no lugar de Ladário, freguesia de Constance, Marco de Canaveses.

Na altura do rebentamento, o jovem estaria a ajudar o pai no lançamento do fogo, por encomenda dos proprietários de uma casa daquele lugar.

O pai do jovem é revendedor de material pirotécnico, num negócio de família que, segundo fonte dos bombeiros, já vem de há décadas.

O 2.º comandante dos Bombeiros de Marco de Canaveses, Rui Vasconcelos, disse à Lusa que o jovem era "especialista" no lançamento daquele tipo de fogo.

O jovem foi atingido "em cheio" na cabeça pelo rebentamento de uma balona.

"Alguma coisa não correu bem com uma balona, o jovem terá ido ver o que se passava e foi atingido em cheio na cabeça pelo rebentamento, tendo morte imediata", acrescentou Rui Vasconcelos.

Segundo Rui Vasconcelos, o rebentamento causou ainda ferimentos a um outro jovem, que foi transportado ao hospital mas que se encontra "estável e livre de perigo".

Uma equipa de minas e armadilhas da GNR foi mobilizada para o local, a investigar as causas do acidente.


Partilhar:
Comentários
Não existem comentários.
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Ficheiros
This website is ACAP-enabled