http://www.imprensaregional.com.pthttp://www.imprensaregional.com.pt/tvs
Diretor: Sérgio Silva | Última Atualização: 23-11-2017
logótipo
Publicidade
Edição:
Pesquisa:
Newsletter:
Área do Subscritor:
| Minho
Parte da fatura com lixo em Guimarães será paga pelos sacos comprados pelos munícipes
22/11/2015, 22:51

Os munícipes de Guimarães vão passar a pagar parte da fatura com resíduos por cada saco de lixo que produzirem a partir de dezembro, através de um novo sistema que a autarquia quer implementar a partir de dezembro.

A Câmara de Guimarães quer introduzir o sistema PAYT ('Pay As You Throw', na sigla em inglês, ou seja, pague conforme deita fora) que prevê que uma parte da fatura com a recolha de resíduos passe a estar indexada ao consumo de sacos de lixo.

Se atualmente, em Guimarães, "é cobrada uma tarifa fixa e uma tarifa variável pela recolha do lixo, indexadas ao consumo de água na habitação e comércio e pagas através do recibo da água", com a introdução deste novo sistema a tarifa variável vai passar "a estar indexada ao saco do lixo que o cidadão comprar".

Assim, a autarquia afirma que "cada utilizador é que acaba por definir a tarifa que vai pagar, na medida em que quanto mais separar e menos lixo doméstico produzir, menos sacos vai utilizar e menos vai pagar".

Para isso, a empresa municipal Vitrus Ambiente "vai oferecer um mini ecoponto por cada habitação e iniciará a venda dos sacos próprios para a deposição dos resíduos domésticos ou indiferenciados, cuja capacidade unitária é de 30 litros para consumidores residenciais e de 50 litros para o comércio", explixa a Câmara liderada por Domingos Bragança (PS) em comunicado.

Além disso, a recolha de lixo será efetuada por uma viatura elétrica, que vai percorrer todo o centro histórico em diferentes períodos do dia, e onde o cidadão deve entregar diretamente o seu saco de lixo indiferenciado ou reciclável, explica a autarquia.

A viatura elétrica de recolha do lixo efetuará várias passagens diárias por todas as ruas do Cento Histórico, iniciando o seu percurso, de segunda a quinta, às 07:30 horas, às 09:30, 13:30, 15:30, 19:30, 21:30 e 00:30. Às sextas e sábados, está prevista uma passagem extra às 02:30. "Fora destes períodos, é proibida qualquer deposição de lixo na via pública", informa a Câmara.

Os sacos podem ser adquiridos nas instalações da empresa municipal Vitrus ou diretamente na viatura elétrica que passará a fazer a recolha. Os restantes resíduos (papel, plástico e vido) devem ser colocados nos ecopontos.

"Vamos ter a função que tinha antigamente o padeiro, mas no nosso caso iremos, porta a porta, recolher o lixo", explicou o diretor executivo da Viturs, Daniel Pinto, citado pela autarquia.


Partilhar:
Comentários
Não existem comentários.
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Ficheiros
This website is ACAP-enabled