http://www.imprensaregional.com.pthttp://www.imprensaregional.com.pt/tvs
Diretor: Sérgio Silva | Última Atualização: 23-11-2017
logótipo
Publicidade
Edição:
Pesquisa:
Newsletter:
Área do Subscritor:
| Hóquei
Porto à conquista do terceiro título de campeão europeu de hóquei em patins
30/04/2015, 18:44

O FC Porto procura sábado frente ao Vic, em Itália, atingir a terceira final consecutiva da Liga Europeia de hóquei em patins, que conta ainda com o campeão FC Barcelona e o anfitrião Breganze, e lutar pelo terceiro título.

Dando corpo à máxima popular de que não há duas sem três, o FC Porto volta a marcar presença na ‘final four' da Liga Europeia, depois das finais perdidas com o Benfica, no Dragão Caixa, em 2013, e com o FC Barcelona, em Espanha, em 2014.

O FC Barcelona, com 20 títulos na prova - quatro dos quais nas últimas oito épocas -, é o principal candidato à conquista e consequente revalidação do troféu, que escapa há 25 anos ao FC Porto, desde a época de 1989/90, depois de um primeiro triunfo em 1985/86.

Mas, para atingir a final de Bassano del Grappa, e antes de se preocupar com o potencial adversário FC Barcelona, os ‘dragões' terão que afastar primeiro os catalães do Vic na meia-final marcada para as 17:00 (16:00 em Lisboa).

O Vic é o atual terceiro classificado da Liga espanhola, com 53 pontos, menos 26 do que o já virtual campeão FC Barcelona, mas derrotou o rival na final da Taça de Espanha (2-1), em março.

A equipa treinada por Fernando Pujalte participa pela quinta vez nos últimos dez anos na fase final (tendo chegado ao encontro decisivo em 2009 e 2010) e integra a experiência de, entre outros, Josep Ordeig, Romà Bancells e do capitão Titi Roca.

Caso o FC Porto elimine o Vic e o FC Barcelona o anfitrião Breganze, portugueses e espanhóis encontrar-se-ão pela sexta vez no jogo decisivo de atribuição do título de campeão europeu.

O FC Barcelona tem sido a ‘besta negra' dos portistas, que perderam nas seis vezes em que defrontaram os catalães no encontro decisivo, sendo que apenas uma dessa situações aconteceu antes de 1990 (em 1984/85) e as restantes mais recentemente.

Contudo, antes de pensar num possível ‘duelo' com a equipa ‘blaugrana', que conta no seu plantel com jogadores como Marc Gual, Sergi Panadero, Raül Marín e o ex-portista Reinaldo Garcia, os ‘azuis e brancos' têm de se preocupar com os outros catalães do Vic.

As equipas espanholas, com 43 títulos - distribuídos por FC Barcelona (20), Reus (7), Igualada e Liceo (6) e Voltregà (3), são as que mais triunfos somam na principal prova organizada sob a égide do Comité Europeu de Hóquei em Patins (CERS).

Portugal, com cinco triunfos, pelo FC Porto (2), Sporting, Benfica e Óquei de Barcelos - todos com um -, e Itália, com um, pelo Follonica, conquistaram os restantes títulos.

Nas últimas 10 épocas, o FC Porto é o segundo clube com mais participações nas fases finais da Liga Europeia, somando oito, menos uma do que o FC Barcelona, que apenas por uma vez, em 2005/06, não marcou presença na discussão do título.

Dos quatro clubes finalistas, apenas FC Barcelona e FC Porto já conquistaram a Liga Europeia/Taça dos Campeões, sendo que o Vic apresenta como melhor registo a conquista da Taça CERS, em 2001, e o Breganze não ganhou qualquer prova europeia.

Os portistas conquistaram a então denominada Taça dos Campeões nas finais disputadas a duas mãos com os italianos do Novara (5-3 e 7-5), em 1986, e com os espanhóis do Noia (6-0 e 5-2), em 1990.

O FC Porto vai tentar a terceira presença consecutiva na final, de um total de 11 em que participou - ao que soma ainda um segundo lugar na edição de 2005/06 disputada por pontos, após as finais perdidas para o Benfica e para o FC Barcelona.

Para chegar à ‘final four', o FC Porto afastou nos quartos de final o Benfica, com 3-3 na Luz e 3-2 no Dragão Caixa, depois de ter vencido o grupo D da fase regular, à frente de Valdagno (Itália), Vandèenne (França) e Vendrell (Espanha).

O Vic, adversário do FC Porto, eliminou nos ‘quartos' os compatriotas do Liceo, com um empate a 2-2 na Corunha e um triunfo por 3-2 em casa, depois de ter vencido o grupo B, impondo-se a Breganze (Itália) - igualmente apurado para a fase seguinte - Valongo (Portugal) e Genève (Suíça).

O detentor do troféu FC Barcelona eliminou o Valdagno, com uma derrota por 2-0 em Itália em um triunfo por 8-5 na Catalunha, enquanto os italianos do Breganze afastaram os compatriotas do Forte del Marmi, com uma vitória por 5-2 em casa e um empate a 4-4 fora.

O FC Barcelona venceu o grupo A da fase regular, à frente do Benfica (Portugal), Bassano (Itália) e Quevert (França), enquanto o Breganze foi segundo do grupo B, atrás dos espanhóis do Vic, com o qual disputou até à última jornada a liderança.

O português Sérgio Silva e o ex-benfiquista Cacau são dois dos rostos mais conhecidos da equipa do Breganze, liderada por Guillem Cabestany, e que depois de conquistar a Taça de Itália segue na luta pelo seu terceiro título em Itália.

Uma das particularidades desta ‘final four' da Liga Europeia é que o anfitrião Breganze adotou como casa o pavilhão do ‘rival' Hockey Bassano, o PalaSind, em Bassano del Grappa, com capacidade para 3.800 espectadores, sendo 2.500 dos lugares sentados.


Partilhar:
Comentários
Não existem comentários.
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Ficheiros
This website is ACAP-enabled