http://www.imprensaregional.com.pthttp://www.imprensaregional.com.pt/tvs
Diretor: Sérgio Silva | Última Atualização: 23-11-2017
logótipo
Publicidade
Edição:
Pesquisa:
Newsletter:
Área do Subscritor:
| Futebol
Golo de Slimani aos repelões mantém vantagem do Sporting na liderança
09/11/2015, 00:28


O Sporting manteve hoje, com um golo de Slimani, aos 90 minutos, em Arouca, a vantagem sobre os seus concorrentes FC Porto e Benfica, que também venceram as suas partidas da 10.ª jornada da I Liga de futebol.

A equipa de Jorge Jesus, que ficou reduzida a 10 unidades a dois minutos do fim, suou bastante para conquistar os três pontos no reduto dos arouquenses, com um tento ‘arrancado' aos repelões pelo avançado argelino (sétimo golo, a um de Jonas, do Benfica, o melhor marcador da prova), em jogada com vários ressaltos até a bola ficar à sua mercê e ser ‘disparada' para as redes da turma duriense.

Tudo aconteceu após os nervos se terem instalado junto ao relvado, do que resultou a expulsão de Naldo, que empurrou o treinador do Arouca, Lito Vidigal, também expulso pelo árbitro Cosme Machado, que ainda deu ordem de saída compulsiva para os balneários ao técnico-adjunto sportinguista Raul José.

O Sporting tem agora 26 pontos, mais cinco do que o FC Porto, que tem menos um jogo disputado, e mais oito face ao Benfica (também com uma ronda em falta), que segue a par do Rio Ave, hoje batido no terreno do Marítimo, por 3-2.

As ‘águias' e os vilacondenses (terceiro e quarto classificados, com 18 pontos) podem, no entanto, ser ultrapassados segunda-feira pelo Sporting de Braga, que se deslocará ao reduto do União da Madeira, pois encontra-se a um ponto de ambos.

O FC Porto venceu por 2-0 o Vitória de Setúbal, mas só conseguiu desfeitear a defesa sadina na segunda parte, graças ao camaronês Aboubakar (que marcou o seu quinto golo na I Liga), aos 70 minutos, a passe do mexicano Layun, jogador que também fez o ‘gosto ao pé', aos 84, e estreou-se a marcar no campeonato português, tal como já o tinha feito na quarta-feira, para a Liga dos Campeões.

A equipa orientada por Julen Lopetegui leva já 16 jogos sem sofrer golos em casa e 14 sem derrotas, tudo na presente temporada: nove do campeonato, quatro da Liga dos Campeões e um da Taça de Portugal.

Quanto ao Benfica, que venceu o Boavista na Luz por 2-0, o destaque vai para dois jogadores que já haviam faturado na jornada anterior: o internacional Sub-21 Gonçalo Guedes, chamado aos ‘AA' na passada semana pela primeira vez, e o marroquino Mehdi Carcela, respetivamente, aos 39 e 88 minutos.

Por seu lado, o Marítimo (sétimo) bateu o Rio Ave por 3-2, com golos de Dyego Sousa (30), Raul Silva (35) e Xavier (71), contra os de Marvin (66) e Guedes (82).

A jornada fica ainda assinalada pela primeira vitória do Moreirense, conseguida em casa, frente ao Paços de Ferreira (nono), por 2-0, com golos de Iuri Medeiros (22 minutos) e Bataglia (88).

A ronda começou sexta-feira, com o empate entre o Estoril e a Académica, com os ‘canarinhos' a perder contacto com o pelotão da frente e os ‘estudantes' a somarem o sexto empate na prova.

No sábado, o Vitória de Guimarães (12.º, 10 pontos) foi surpreendido em casa pelo Nacional, graças ao tento solitário de Soares, que valeu ainda pelo facto de ser a primeira vitória fora de casa dos madeirenses (10.º, 11 pontos).

Belenenses-Tondela (19:00) e União da Madeira-Sporting de Braga (21:00) encerram a jornada 10 na segunda-feira.


Partilhar:
Comentários
Não existem comentários.
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Ficheiros
This website is ACAP-enabled