http://www.imprensaregional.com.pthttp://www.imprensaregional.com.pt/tvs
Diretor: Sérgio Silva | Última Atualização: 23-11-2017
logótipo
Publicidade
Edição:
Pesquisa:
Newsletter:
Área do Subscritor:
| Magazine | Música | Espetáculos
Blur em apoteose e Benjamin Clementine em discreta conquista no segundo dia do SBSR
18/07/2015, 02:23

Os Blur encerraram hoje, já perto das 03:00, o segundo dia do festival Super Bock Super Rock (SBSR), que ficou marcado pela estreia de Benjamin Clementine e pelo encontro de Jorge Palma com Sérgio Godinho.

Num dia que voltou a ter 18.000 pessoas, segundo a organização, os Blur estrearam alguns dos temas do novo álbum, "The Magic Whip", mas foram os temas antigos que fizeram o público pular e gritar.

Com o quarteto acompanhado por um coro e uma secção de sopros, Damon Albarn cantou "Lonesome Street", "Go out" e ainda "Song2", que pôs o público todo a saltar, "Parklife", com um fã em palco, e "Coffee and TV".

Sempre a incentivar o público a cantar mais alto, a aplaudir e a dançar, o vocalista fechou o concerto com "Girls and Boys" e "The Universal", embora grande parte do concerto tivesse sofrido com a má qualidade do som.

Antes dos Blur, passaram pelo palco do Meo Arena os belgas dEUS, ‘habitué' em palcos nacionais, que terminaram o concerto com o clássico "Suds and Soda" e um ‘até já'.

O mesmo palco recebera horas antes o encontro de dois nomes maiores da música portuguesa. Sérgio Godinho e Jorge Palma misturaram, ao piano ou à guitarra, temas do extenso repertório de cada um, reinventando-os a duas vozes. "Frágil", "Só", "A Noite Passada", "Mudemos de Assunto", "Liberdade" e "A gente vai continuar" foram alguns deles.

Ao final da tarde, no palco EDP, apresentou-se o músico britânico Benjamin Clementine. Uma estreia a merecer um regresso em nome próprio.

Perante um público ora atento ora disperso a conversar, o músico mostrou ao piano temas como "London", "Cornerstone" e "Condolence".

Este palco só viria a encher algumas horas depois, já de noite, com as Savages e os Bombay Bicycle Club.

O festival, que decorre no Parque das Nações, encerra hoje com Florence + The Machine, FFS (que junta os Franz Ferdinand e os Sparks), Banda do Mar, Rodrigo Amarante e Criolo, entre outros.


Partilhar:
Comentários
Não existem comentários.
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Ficheiros
This website is ACAP-enabled